SMOOTHIE

DE MATCHA

TERAPIAS
AULAS DE COZINHA
ACONSELHAMENTO ALIMENTAR

SOBRE MIM

06.16.2016

Como toda a gente gosta de uma boa sobremesa clássica, obviamente tinha de incluiu uma nesta guia e, a minha primeira escolha recaiu logo sobre o tradicional arroz doce.

Não há festa cá em casa onde o arroz doce não marque presença e, normalmente é daquelas sobremesas que não sobra para contar a história.

Na realidade eu nunca fui a maior das fãs no que diz respeito a arroz doce mas, confesso que quando provei esta versão sem açúcar branco refinado, rendi-me e passei a gostar de arroz doce muito mais do que alguma vez antes.

Como gosto de usar geleia de arroz como adoçante nesta receita, o seu sabor torna-se mais subtil e não demasiado doce mas claro, tudo vai depender da quantidade de geleia que usares na tua receita. Mas não vás por mim, experimenta e logo verás.

ARROZ DOCE

INGREDIENTES

140g de arroz

1/2l de água

1 litro de leite de soja

casca de 1/2 limão

1 pau de canela

1 flor de aniz

1/2 chávena de geleia de arroz

PREPARAÇÃO

Leva todos os ingredientes ao lume num tacho excepto o leite e a gelei...

06.09.2016

Este é um daqueles pratos facílimos de preparar e óptimo  para aqueles dias em que tens visitas de última hora e não sabes bem o que fazer. Uma das vantagens deste prato é que também não existem grandes regras em relação as ingredientes que podes usar, logo torna-se um prato fantástico para aquelas alturas em que tens imensos restos no frigorifico e não sabes o que fazer com eles. Para esta versão usei o que tinha à mão e, para tornar esta paelha mais rica e deliciosa, juntei quadradinhos de tempeh. Para quem não está habituado ao sabor característico do tempeh, esta é uma forma mais "soft" de o incluir na alimentação pois o sabor fica meio que disfarçado entre os restantes ingredientes. A primeira vez que provei tempeh confesso que detestei mas, com o tempo fui-me habituando ao sabor e e agora confesso que adoro. O tempeh é tradicionalmente feito a partir de grãos de soja fermentados e é super rico em proteína. A minha marca de tempeh favorita pertence ao meu amigo Salvatore e podem e...

06.03.2016

Este é um daqueles snacks que poderá à partida parecer-te de elaboração complexa ou cujo nome te poderá parecer estranho, mas acredita que não. São basicamente bolas de arroz recheadas com manteiga de amendoim e pasta de umeboshi, enroladas em folhas de alga nori.

Se nunca ouviste falar de umeboshi antes então prepara-te, pois é um ingredientes que te aconselho a teres em casa.

Aqui vamos usar a ameixa umeboshi em forma de pasta  mas também podes encontra-la inteira,  fermentada, que é muito boa como remédio natural. É extremamente salgada, por isso não é propriamente um snack que possas comer como se fosse uma ameixa normal. mas eu gosto sempre de as ter à mão para casos de problemas digestivos, por exemplo.

Outra das formas em que é utilizada é em vinagre, o famoso ume su. Adoro usá-lo em vegetais salteados ou mesmo em sopas. Normalmente deito umas gotas apenas no final e, uma vez que tem um sabor salgado, permite reduzir as quantidades de sal na elaboração de receitas.

E porqu...

05.22.2016

Pronta para começar?

Então nada melhor que iniciar a nossa aventura com a primeira refeição do dia.

Depois de tantas horas em que o teu corpo trabalhou para eliminar toxinas, é importante ser gentil e recompensar o seu trabalho; afinal o fígado e a vesícula trabalharam afincadamente.

Segundo a medicina oriental, ao longo das 24 horas do dia, cada orgão têm o pico da sua actividade em determinada altura e, no caso da vesícula biliar, esse período situa-se entre as 23h e a 01h e, no caso do fígado, da 01h às 03h.

É importante que não sobrecarreguemos o nosso corpo com demasiados alimentos à noite de forma a que os orgãos possam exercer eficazmente as suas funções. Assim, é aconselhável que a última refeição do dia seja feita até 2 horas antes de te deitares, sendo também benéfico deitares-te antes das 24h.

Eu adoro acordar cedo.

Além de que acordar com tempo para não andares a correr logo de manhã é sem sombra de dúvidas mais interessante, acordar cedo também é um processo mais natur...

11.07.2012

Surfar no inverno não é fácil, não para uma friorenta como eu!! Mas saber que vou ter um pequeno almoço delicioso à minha espera torna a tarefa mais fácil!

Creme de arroz é um dos meus pequenos-almoços preferidos e faço-o constantemente, mas desta vez decidi dar-lhe um toque diferente juntando um pouco de cevada. A cevada tem um sabor ligeiramente amargo mas fica deliciosa quando cozinhada com arroz. É óptima para ajudar a eliminar gordura e  muito benéfica para o fígado e vesícula.

Com um pouco de canela e sementes à mistura, torna-se tão prazeroso que por momentos até esqueço o frio que faz lá fora!

Surfing in the winter isn't easy, not for someone as sensitive to cold as me! But knowing that I'll have a warm, delicious breakfast waiting for me, makes the job easier!

Brown rice cream is one of my favourite breakfast and I do it all the time, but today I decided to give it a twist by adding a little barley. Barley has a slightly bitter taste but is delicious when cooked with rice. Barley...

Please reload

SANDRA MESQUITA

Olá, sou a Sandra e sou formada em Macrobiótica pelo Instituto Macrobiótico de Portugal. Este  é o espaço onde partilho a minha filosofia, a minha paixão por cozinha e pelas coisas boas da vida, e os meus segredos e dicas para viver uma vida feliz e saudável.

Sabe mais sobre a minha história aqui

SEGUE O IN AND YOUNG

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black LinkedIn Icon

 facebook     instagram     pinterest      linkedin

POSTS RECENTES

November 15, 2018

Please reload

in and young

 partilha    vive    inspira      desafia

 Sandra Mesquita
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black LinkedIn Icon
Tens uma questão? Contacta-me.

© 2017 copyright by In and Young by Sandra Mesquita