SMOOTHIE

DE MATCHA

TERAPIAS
AULAS DE COZINHA
ACONSELHAMENTO ALIMENTAR

SOBRE MIM

01.03.2017

O chá ou caldo de vegetais doces é um dos chamados "remédios caseiros" mais recomendados em macrobiótica. É particularmente recomendado para regularizar os níveis de açúcar no sangue e para quem procura diminuir ou eliminar o consumo de alimentos yin extremos como o caso dos açúcares de absorção rápida, tais como bolachas, chocolates, bolos, ou seja, tudo o que podemos encontrar numa mesa nesta altura das festas. O que muitas vezes não paramos para pensar é o porquê do desejo de alimentos extremos yin. Quando consuminos demasiados produtos de origem animal ou outros extremamente yang, o nosso organismo, como resposta de defesa e tentativa de equilibrio, cria uma necessidade de alimentos extremos yin. Por exemplo, quando alguém come demasiados produtos animais tais como carne, queijos e alimentos salgados tende a ter necessidade de comer alimentos yin tais como doces, refrigerantes e até bebidas alcoólicas. Esta é a forma de o organismo se equilibrar mas, conduz a uma oscilação tal que...

01.01.2017

Após os excessos das festas é comum sentirmos a necessidade de fazer uma desintoxicação mas, principalmente quando iniciamos um novo ano e consequentemente um novo ciclo, mais do que tirármos um tempo para desintoxicar dos excessos da época festiva devíamos parar e reflectir nos excessos que fizemos ao longo do ano. Todos nós acabamos num momento ou outro por cometer alguns excessos alimentares e tendencialmente quase todos nós nos recriminamos por isso mas, mais do que os excessos alimentares, penso que também deveriamos reflectir nos excessos emocionais. Ao longo dos ultimos 365 dias quantas vezes deram por vós a exigir demais de voçês, a ingressar por caminhos e situações que gostariam de não ter vivido, a não viverem os sonhos que estão constantemente a adiar, a recriminar-vos por terem feito, ou não, determinadas acções? Todos estes actos que consciente ou inconscientemente fazemos levam a criar uma condição de toxicidade no nosso corpo. Sim, porque não são só os alimentos que têm...

10.21.2016

Isto de ser mãe tem o que se lhe diga. Ter tempo para fazer o que em tempos consideraria coisas básicas consegue ser uma odisseia, e no que diz respeito a cozinhar pratos mais elaborados dignos de um post no blog é quase uma utopia. Sempre que a minha filha decide dormir uma sesta lá entro eu em modo "ok, o que vou cozinhar de excecional?" Pensa para aqui, pensa para ali, abre as portas da dispensa para ver o que me inspira e quando decido começar a cozinhar parece que se liga um botão no cérebro da piquena e de repente dou por ela desperta a dar ás pernas e aos braços e, se já falasse, jurava que iria ouvi-la dizer: " estás a cozinhar, estás a cozinhar, estás a cozinhar??!!!!". Pois, já estão a ver o filme, não?

Escusado dizer que lá se vai o prato excecional digno do blog. Os ultimos pratos excecionais que têm saido da minha cozinha têm sido sopas cremosas bem básicas para agradar à princesa, e se ela pudesse dizer de sua justiça diria que a sopa de batata doce com cenoura e alface er...

06.09.2016

Este é um daqueles pratos facílimos de preparar e óptimo  para aqueles dias em que tens visitas de última hora e não sabes bem o que fazer. Uma das vantagens deste prato é que também não existem grandes regras em relação as ingredientes que podes usar, logo torna-se um prato fantástico para aquelas alturas em que tens imensos restos no frigorifico e não sabes o que fazer com eles. Para esta versão usei o que tinha à mão e, para tornar esta paelha mais rica e deliciosa, juntei quadradinhos de tempeh. Para quem não está habituado ao sabor característico do tempeh, esta é uma forma mais "soft" de o incluir na alimentação pois o sabor fica meio que disfarçado entre os restantes ingredientes. A primeira vez que provei tempeh confesso que detestei mas, com o tempo fui-me habituando ao sabor e e agora confesso que adoro. O tempeh é tradicionalmente feito a partir de grãos de soja fermentados e é super rico em proteína. A minha marca de tempeh favorita pertence ao meu amigo Salvatore e podem e...

06.07.2016

Para abrir a nossa semana de refeições completas em 30 minutos, trago-te um prato que adoro e se prepara em três tempos. Basta seguires as minhas dicas de planeamento que já te referi antes e metade do teu trabalho já estará feito. 

Para este prato vais precisar de ter grão de bico já cozido e, se quiseres poupar algum tempo na hora de cozinhar, cortar alguns vegetais mas, eu considero este prato tão fácil de se fazer que nunca corto os vegetais antecipadamente.

Neste prato vamos preparar um cereal que vai consistir de cuscuz , com uma mistura de vegetais, oleaginosas e sultanas e, como leguminosa e fonte de proteína, vamos ter o grão de bico que vamos estufar com um pouco de abóbora, o que vai fazer maravilhas ao nosso estômago e baço. Como acompanhamento vamos ter uma salada verde com rebentos com um vinagrete de mostarda e, para tornar o nosso prato mais completo, uns pickles rápidos de rabanete.

Como vês temos uma refeição completa, onde não só tens presente um cereais, uma leguminosa...

Please reload

SANDRA MESQUITA

Olá, sou a Sandra e sou formada em Macrobiótica pelo Instituto Macrobiótico de Portugal. Este  é o espaço onde partilho a minha filosofia, a minha paixão por cozinha e pelas coisas boas da vida, e os meus segredos e dicas para viver uma vida feliz e saudável.

Sabe mais sobre a minha história aqui

SEGUE O IN AND YOUNG

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black LinkedIn Icon

 facebook     instagram     pinterest      linkedin

POSTS RECENTES

November 15, 2018

Please reload

in and young

 partilha    vive    inspira      desafia

 Sandra Mesquita
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Pinterest Icon
  • Black LinkedIn Icon
Tens uma questão? Contacta-me.

© 2017 copyright by In and Young by Sandra Mesquita