A MINHA VISÃO DO SIGNIFICADO DE SE "SER MACROBIÓTICO"

11.09.2013

 

Muitas vezes perguntam-me se sou macrobiótica. Na verdade não sei bem o que para muitas dessas pessoas significa ser uma “pessoa macrobiótica”, o que me faz automaticamente pôr um sorriso no rosto antes de responder. É comer de forma diferente? Diferente de quem? Antes de mais sou quem sou, e sou alguém em busca de equilíbrio, num mundo que muitas vezes me parece tão desequilibrado, e a verdade é que o encontrei através do estudo e prática da macrobiótica, não que a macrobiótica faça milagres, mas deu-me as ferramentas necessárias para efectuar as mudanças que precisava em determinado momento. É como se por alguma razão o nosso carro avariasse, podemos ter todas as ferramentas para arranjá-lo mas as ferramentas por si só não fazem nada, temos de ser nós a usá-las para que o conserto seja possível. Pois é assim que eu vejo a macrobiótica, sem dúvida dá-nos as ferramentas, mas depende de nós pô-las em prática.

A forma como encaro a prática é acima de tudo instintiva, ao início queremos estudar tudo, fazer tudo corretinho, quase com medo de falhar e espalharmo-nos ao comprido com receio de que se não comermos a quantidade certa de arroz integral, vegetais e tudo o mais, esse equilíbrio nos vá escapar por entre os dedos. Mas a prática varia de pessoa para pessoa consoante o objectivo de cada uma, não há regras, apenas linhas de apoio por onde nos podemos reger. É acima de tudo uma questão de equilíbrio, comer e viver em equilíbrio, sem medos. Para mim “ser macrobiótica” é muito mais do que aquilo que como ou não como, é ser mais consciente, mais responsável, mais equilibrada. Não sou melhor que ninguém e por vezes também tenho medo de cair, mas a parte boa é se cairmos e nos espatifarmos ao comprido, podemos sempre voltar a levantar.

 

 

 

People often ask me if I'm macrobiotic. Actually I’m not really sure what it means to them to be a “macrobiotic person" which instantly makes me smile before even answering. Does it mean to eat differently? Different from whom? First of all I am who I am, and I am someone searching for balance in a world that often seems so unbalanced to me, and the truth is I found it through the study and practice of macrobiotics, not that macrobiotics does any miracles, but it gave me the tools necessary to make the changes I needed to make at a specific time in my life. It's as if for some reason our car was broken, we may have all the tools to fix it but the tools themselves don’t do anything, we have to be the ones to use them to make the repair possible. That is how I see macrobiotics, undoubtedly gives us the tools, but it is up to us to put them into practice.

 

The way I see macrobiotic practice is above all instinctive. At first we want to study everything and do everything right, almost afraid to fail and fall in the ground if we do not eat the right amount of brown rice, vegetables and everything else, as if balance would slip through our fingers if we don’t. But practice changes from person to person according on each one’s purpose, there are no rules, only support lines on which we can rule. It is above all a question of balance, eating and living in balance, without fear. To me "being macrobiotic" is much more than what you eat or do not eat, it is about being more aware, more responsible, more balanced. I am not better than anyone else and sometimes I'm afraid to fall as well, but the good part is if you do, you can always come back up.

 

 

 

 

 

 

Photo: José ferreira

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DICAS PARA UMA VIDA FELIZ E SAUDÁVEL

CUIDAR DE MIM

#1 
GRATIDÃO

Todos os dias, antes de deitar, reflecte nos aspectos da tua vida pelo qual estás grata. Vais ver que por mais dificil que sejam os momentos pelos quais possas estar a passar há sempre coisas boas e deves sentir-te grata por elas. Cultiva essa sensação de gratidão todos os dias e vais ver como inúmeras e maravilhosas possibilidades surgirão. 

 

#2
NÃO TE COMPARES AOS OUTROS
 Todos somos diferentes, únicas e perfeitas nas nossas imperfeições. Abraça-as pois são elas que te tornam única e especial.

#3
MOVE O CORPO LOGO PELA MANHÃ

Cuidar de mim logo pela manhã vai ser o teu novo mantra. Encontra uma actividade física que te mova e que possas fazer logo pela manhã. Fazê-lo logo ao ínicio do dia vai dar-te um boost para que agarres o dia com uma nova energia e maior confiança.

NA COZINHA

#1 
PROGRAMA

Programa as tuas refeições para a semana e cozinha alguns alimentos como cereais integrais e leguminosas. Assim, será mais fácil e rápido preparares uma refeição deliciosa após um dia de trabalho

 

#2
TROCA 

Reduz o sal usando e abusando de ervas aromáticas. Além de darem um sabor delicioso aos pratos dá-lhes um toque de frescura.

 

#3
ANTECIPA

Prepara o teu pequeno almoço de véspera. Assim, sabes que terás algo delicioso para nutrir o teu corpo logo pela manhã.

Sandra Mesquita

GOSTASTE DESTE POST? ENTÃO ESPREITA ESTES TAMBÉM.

Please reload