A VERDADE POR TRÁS DO ÓLEO DE PALMA E 3 FORMAS DE O EVITAR

09.01.2017

Hoje em dia deparamo-nos com um boom no que diz respeito a vida saudável. É cada vez maior o número de pessoas adeptas de alimentações como o vegetarianismo, a raw food, o veganismo, a macrobiótica e tantas outras correntes alimentares e o número de pessoas a praticar os mais variados desportos também segue esta tendência. Mas, embora optar uma alimentação saudável possa ser um acto individual, as suas consequências vão muito para além de nós mesmos. Enquanto a maior parte das pessoas possa considerar que fazer escolhas saudáveis prende-se em comer mais vegetais e optar por menos produtos animais, a realidade é que estas escolhas têm não só um grande impacto na nossa saúde como também no ambiente e um exemplo disso é o uso de óleo de palma.

Hoje em dia o óleo de palma é o óleo mais usado na industria alimentar devido ao seu baixo preço de produção podendo ser encontrado em inúmeros produtos tais como batatas fritas, bolachas, molhos, enlatados, gelados, sopas, cereais, chocolates, e até pão. Basicamente podemos dizer que está em todo o lado e se pensamos que para o evitar basta não comprar produtos que contenham no rótulo o nome "óleo de palma"  desenganem-se pois muitas das vezes ele é apenas identificado como óleo vegetal. Mas o uso de óleo de palma não se limita à industria almentar. O óleo de palma é também usado em cosmética na produção de cremes, sabonetes, maquilhagem e também ainda em velas e detergentes. Se os vossos produtos não dizem "óleo de palma" no rótulo não pensem que estão a salvo pois aqui ele é normalmente identificado como "palmitato de sódio" e, além da sua presença em todos estes produtos ele é também usado na produção de biodiesel. A verdade é que o óleo de palma está em todo e lado e tentar evitá-lo é quase uma missão impossivél. Até mesmo produtos identificados como orgânicos e biológicos contêm este óleo na sua produção. Mas afinal porque é assim o óleo de palma tão mau, perguntam voçês?

A produção de óleo de palma é responsável por enormes destastres ambientais e extinção de espécies. A maior parte do óleo de palma é produzido e exportado da Malásia, Indonédia, Borneo e Sumatra, sendo que inúmeras extensões de floresta tropical são destruidas e usadas para plantação de palmeira-dendém (elaeis guineensis), uma palmeira originária da Costa Ocidental da África cujo fruto é conhecido como dendê, e seu óleo como óleo de palma.

Em 2015, a Indonésia, a maior produtora de óleo de palma, emitiu mais gases de efeito de estufa em 3 semanas do que a Alemanhã em todo o ano, isto devido á queima de floresta tropical de forma a criar espaço para plantações, provocando ainda doenças respiratórias em mais de meio milhão de pessoas. Além destas desflorestações afectarem a população local ameaçam também várias espécies animais como o orangotango, o elefante-pigmeu-de-bornéu e o tigre-de-sumatra. 

 

 

E como podemos nós fazer a diferença de forma a dizermos BASTA a este desastre ambiental?

 

  • Sempre que possível evitem o consumo de produtos que contenham óleo de palma. Como o seu uso é tão comum e muitas vezes dificil de identificar, a melhor forma de o evitar é consumindo produtos locais evitando o uso de produtos processados. Consumam mais vegetais, frutas, cereais integrais e evitem produtos refinados e açúcarados. Tentem que maior parte das vossas refeições sejam elaboradas por vós com produtos frescos e não sucumbam à tentação de comprar produtos pré cozinhados. Por mais cansados que estejam após um dia de trabalho pensem que o vosso corpo irá agradecer-vos mais tarde e, mais importante ainda, o planeta também.

  • Pensem duas vezes antes de comprar o vosso próximo creme hidratante ou produto cosmético. Estejam atentos aos rótulos ou melhor ainda tentem fazer os vossos próprios produtos de beleza. Uma boa opção são os sabonetes de azeite e as "mezinhas" caseiras como as máscaras de abacate ou exfoliantes de mel. Eu não vivo sem eles!

  • Optem por produtos que contenham óleo de palma certificado RSPO; óleo de palma sustentável. Uma das condições para que as plantações possam receber o certificado RSPO (Roundtable on Sustainable Palm Oil) é a proíbição de desmatamento em algumas florestas.

Usem a vossa voz e apoiem esta causa educando amigos e familiares, assinando petições e evitando o uso de óleo de palma. A vossa voz é poderosíssima e pode levar os governos a mudar esta situação se se sentirem pressionados. Essa pressão já é real e várias marcas já optam por usar  óleo de palma sustentável nos seus produtos tais como a Ferrero ou supermercados como o Aldi.

Para saberem mais sobre óleo de palma reuni alguns links para vossa consulta. Leiam, partilhem e acima de tudo optem por mudar para hábitos mais sustentáveis, pela vossa saúde e de todos.

Grata! 

 

 

http://www.saynotopalmoil.com/Whats_the_issue.php

https://www.rainforest-rescue.org/topics/palm-oil

http://www.isfoundation.com/pt-br/news/diga-n%C3%A3o-ao-%C3%B3leo-de-palma

http://www.worldwildlife.org/industries/palm-oil

http://www.esquerda.net/artigo/indonesia-incendios-continuos-nos-dois-ultimos-meses-causam-desastre-ecologico/39503

http://www.newyorker.com/news/news-desk/the-violent-costs-of-the-global-palm-oil-boom

http://www.aldi.pt/aldi_oleo_de_palma_sustentavel_704.html

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DICAS PARA UMA VIDA FELIZ E SAUDÁVEL

CUIDAR DE MIM

#1 
GRATIDÃO

Todos os dias, antes de deitar, reflecte nos aspectos da tua vida pelo qual estás grata. Vais ver que por mais dificil que sejam os momentos pelos quais possas estar a passar há sempre coisas boas e deves sentir-te grata por elas. Cultiva essa sensação de gratidão todos os dias e vais ver como inúmeras e maravilhosas possibilidades surgirão. 

 

#2
NÃO TE COMPARES AOS OUTROS
 Todos somos diferentes, únicas e perfeitas nas nossas imperfeições. Abraça-as pois são elas que te tornam única e especial.

#3
MOVE O CORPO LOGO PELA MANHÃ

Cuidar de mim logo pela manhã vai ser o teu novo mantra. Encontra uma actividade física que te mova e que possas fazer logo pela manhã. Fazê-lo logo ao ínicio do dia vai dar-te um boost para que agarres o dia com uma nova energia e maior confiança.

NA COZINHA

#1 
PROGRAMA

Programa as tuas refeições para a semana e cozinha alguns alimentos como cereais integrais e leguminosas. Assim, será mais fácil e rápido preparares uma refeição deliciosa após um dia de trabalho

 

#2
TROCA 

Reduz o sal usando e abusando de ervas aromáticas. Além de darem um sabor delicioso aos pratos dá-lhes um toque de frescura.

 

#3
ANTECIPA

Prepara o teu pequeno almoço de véspera. Assim, sabes que terás algo delicioso para nutrir o teu corpo logo pela manhã.

Sandra Mesquita

GOSTASTE DESTE POST? ENTÃO ESPREITA ESTES TAMBÉM.

Please reload