SALADA QUENTE DE MILLET E TOFU

21.09.2017

Quando recebi o convite da Sic Mulher para participar numa tertúlia sobre veganismo e macrobiótica e apresentar uma receita no programa Faz Sentido, automáticamente veio-me à cabeça a ideia de partilhar uma receita de millet. Ao ínicio debati-me entre várias escolhas, mas rápidamente decidi optar por uma das minhas receitas favoritas, a salada de millet e tofu.

Esta é uma adaptação de uma receita que aprendi com a Mieke Vervecken-Pieters quando trabalhei como sua assistente de cozinha numa edição do Green Fest, o maior evento de sustentabilidade em Portugal. Na altura fiquei fã da receita pela sua simplicidade, rapidez de execução, sabor e por conseguir criar numa só tigela uma refeição rica e completa.

Confesso que não me recordo com exactidão de todos os ingredientes, quantidades e passos exactos da receita original, mas esse nunca foi um entrave para que não a recriasse em casa, pelo contrário, logo após ter provado pela primeira vez esta receita resolvi criar a minha própria versão que com o tempo também ela se foi alterando, consoante os gostos do momento e os ingredientes disponíveis.

Para mim, esta é a magia da cozinha, retirar algo de uma receita que gostamos e torná-la nossa, dando-lhe o nosso toque pessoal.

 

 

Para a maior parte das pessoas que dão os primeiros passos na alimentação macrobiótica há esta ideia de que para conseguirem criar uma refeição completa e equilibrada terão de dispender muito tempo na cozinha, mas esta é uma ideia pré-concebida que está longe da realidade. Tudo o que necessitam para criar uma boa refeição é de algum planeamento, amor e criatividade. Por vezes os pratos mais deliciosos são os que fazemos sem seguir qualquer tipo de receita, mas sim seguindo o nosso instinto e com muito amor à mistura.

 

 

Quando tive as minhas primeiras aulas de cozinha seguia sempre tudo à risca e confesso que ficava enraivecida quando as receitas não saíam bem. Achava sempre que as quantidades descritas nas receitas não estavam correctas, mas mal sabia eu que essa viria a ser uma grande benção, pois foi assim que resolvi seguir o meu instinto e criar as minhas próprias versões inspiradas nas receitas "originais" que teimavam em não ficar a meu gosto.

Esta acabou por ser uma das minhas maiores lições e hoje, nas minhas aulas e workshops de cozinha, um dos maiores conselhos que dou é: nunca se prendam a receitas pois estas servem como guia e não como regra.

As receitas servem para nos inspirar e dar ideias para as recriármos ao nosso estilo, seguindo o nosso gosto, mas com essa linha base que serve como orientadora. 

 

Assim é esta receita, uma ideia que espero vos inspire a criar as vossas próprias saladas quentes de millet com tofu, ou quem sabe, com qualquer outra proteína vegetal a vosso gosto.

Espero que gostem e recriem com amor!

 

 

 

 

 

Assiste  ao video aqui

 

SALADA QUENTE DE MILLET E TOFU

 

 

INGREDIENTES

 

1 Cebola

1 Dente de alho

1/2 chávena de millet

2 chávenas de água

2 cenouras

125g de tofu

2 rabanetes

1/2 alho francês

1 mão cheia de coentros

2 c de sopa de shoyu

1 c de chá de malte de cevada

1 c café de pasta de umeboshi

1/3 chávena de amêndoas

 

 

PREPARAÇÃO

 

Lave o millet e deixe escorrer. 

Corte o tofu em quadrados médios e deixe a marinar com o shoyu enquanto cozinha o millet.

Leve um tacho ao lume com um fio de azeite e junte a cebola cortada em pequenos quadrados. Deixe cozinhar até alourar e junte o dente de alho e o millet já escorrido, deixendo que o millet toste ligeiramente. Adicione a água e as cenouras cortadas em pedaços médios e deixe levantar fervura. Assim que começar a ferver junte um pouco de sal marinho, misture e deixe cozinhar tapado em chama baixa por aproximadamente 20 minutos ou até todo o líquido ser absorvido.

Retire do lume e separe os grãos com a ajuda de um garfo.

Adicione o tofu escorrido (sem adicionar o excesso de shoyu) misturando-o ao millet, suavemente. Reserve enquanto prepara os pickles rápidos de rabanete e alho francês.

Corte o alho francês finamente e lamine os rabanetes. Junte ambos numa taça e adicione a pasta de umeboshi e o malte de cevada massajando suavemente até ficarem macios. 

Junte os pickles rápidos à salada de millet, envolvendo bem.

Sirva quente com amêndoas laminadas ou outra oleaginosa à escolha.  

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DICAS PARA UMA VIDA FELIZ E SAUDÁVEL

CUIDAR DE MIM

#1 
GRATIDÃO

Todos os dias, antes de deitar, reflecte nos aspectos da tua vida pelo qual estás grata. Vais ver que por mais dificil que sejam os momentos pelos quais possas estar a passar há sempre coisas boas e deves sentir-te grata por elas. Cultiva essa sensação de gratidão todos os dias e vais ver como inúmeras e maravilhosas possibilidades surgirão. 

 

#2
NÃO TE COMPARES AOS OUTROS
 Todos somos diferentes, únicas e perfeitas nas nossas imperfeições. Abraça-as pois são elas que te tornam única e especial.

#3
MOVE O CORPO LOGO PELA MANHÃ

Cuidar de mim logo pela manhã vai ser o teu novo mantra. Encontra uma actividade física que te mova e que possas fazer logo pela manhã. Fazê-lo logo ao ínicio do dia vai dar-te um boost para que agarres o dia com uma nova energia e maior confiança.

NA COZINHA

#1 
PROGRAMA

Programa as tuas refeições para a semana e cozinha alguns alimentos como cereais integrais e leguminosas. Assim, será mais fácil e rápido preparares uma refeição deliciosa após um dia de trabalho

 

#2
TROCA 

Reduz o sal usando e abusando de ervas aromáticas. Além de darem um sabor delicioso aos pratos dá-lhes um toque de frescura.

 

#3
ANTECIPA

Prepara o teu pequeno almoço de véspera. Assim, sabes que terás algo delicioso para nutrir o teu corpo logo pela manhã.

Sandra Mesquita

GOSTASTE DESTE POST? ENTÃO ESPREITA ESTES TAMBÉM.

Please reload