SERÁ QUE PRECISAS DE FAZER UM DETOX DIGITAL?

04.03.2018

 

 

Se me tivessem feito esta pergunta no início do ano a minha resposta teria sido um redondo NÃO, mas após dois meses um pouco mais afastada das redes sociais percebi que passava muito mais tempo agarrada à internet do que imaginava e estava muito mais dependente do instagram do que gostaria de admitir. 

 

Este meu afastamento não foi planeado, mas confesso que, após as primeiras semanas longe do computador, a sensação de liberdade e paz foi tão grande que a vontade de me ligar à internet era praticamente nula. O tempo ganhou outra dimensão, o olhar ficou mais atento e a minha percepção e intuição ficaram mais apuradas. Desconectei-me do mundo digital, mas conectei-me com o meu mundo interior e com tudo à minha volta. 

 

Poderia dizer que fiz um detox digital de dois meses, embora durante este tempo não tenha estado totalmente ausente das redes sociais ou do meu site, mas quase.

 

Se tivesse de traduzir em números este meu detox digital diria que, em média, passei 30 minutos na internet por dia em vez das minhas habituais 3 a 4 horas. 

Num dia "normal" chegava a passar duas a três horas no instagram às quais somava mais uns 15 minutos no facebook (confesso que não perco muito tempo nesta rede social) e mais uma hora a responder a e-mails.  

Tudo somado, só em redes sociais e a responder a e-mails chegava a passar cerca de 4 horas do meu dia na internet, metade de um dia de trabalho!!! E já nem conto o tempo a trabalhar em posts para o site que sinceramente pode levar várias horas.

 

Sim, também eu fico chocada por perceber que, sem me dar conta, dava por mim a passar tanto tempo no instagram.  Entre ver fotos, ler posts das pessoas que sigo, ler comentários, fazer stories e por aí adiante, o tempo passava a correr, e na verdade eu não estava propriamente a cronometrar o tempo que perdia neste processo.

 

Provavelmente estarás chocada com estes números, mas será a tua realidade assim tão diferente da minha?

 

A verdade é que acredito que, cada vez mais, estamos dependentes da internet e das redes sociais. Perdemos demasiado tempo e energia nelas sem nos apercebermos, pois já o achamos natural, mas a verdade é que não há nada de natural neste processo.

Sim, posso ter perdido muita coisa nestes últimos dois meses; não faço a mínima ideia das  novidades publicadas nas redes sociais, posso não ter ganho seguidores durante este tempo, mas o que ganhei em troca foi muito maior e mais importante. Ganhei mais tempo de qualidade com as pessoas que me são importantes e uma maior liberdade criativa que me levou a explorar novos caminhos que andava a adiar,  o que me leva a querer praticar este detox de forma mais frequente.

 

Acredito que o equilibrio é a chave para uma vida saudável. Por essa razão é de extrema importância  desligarmo-nos do mundo virtual e, de vez em quando, aprendermos a importância de estarmos mais presentes no aqui e agora. Este desconectar torna-nos mais conscientes, alertas e, a meu ver, mais criativos e calmos. Passamos menos tempo a comparar-nos com os outros, tomamos uma maior consciencia daquilo que nos rodeia, de nós mesmos e até do que realmente nos move. Acredito que, de uma certa forma, tudo o que vemos na internet, de forma constante, acaba por nos influenciar e muitas vezes até mesmo confundir.  

 

Grande parte do meu trabalho é feito ao computador e, tal como eu, também tu poderás encontrar-te na mesma situação. Se assim for, ambas (os) sabemos que a verdade é que aqui não há muito por onde escapar, mas se aprendi algo nestes últimos dois meses foi a gerir o meu tempo de forma mais eficiente para optimizar o tempo que passo na internet. 

 

Acredito que não temos propriamente de desligarmos-nos totalmente do mundo virtual. É importante criarmos uma rotina que nos dê estrutura e organização no nosso dia a dia, para que possamos tornarmos-nos mais conscientes do tempo que gastamos e aprendermos a geri-lo da forma  que mais se adequa ao nosso estilo de vida.

 

 

 

Amanhã vou partilhar contigo algumas das mudanças que implementei, me ajudam a gerir melhor o meu tempo e tornar-me mais produtiva.

 

Vêmo-nos por aqui amanhã?

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

DICAS PARA UMA VIDA FELIZ E SAUDÁVEL

CUIDAR DE MIM

#1 
GRATIDÃO

Todos os dias, antes de deitar, reflecte nos aspectos da tua vida pelo qual estás grata. Vais ver que por mais dificil que sejam os momentos pelos quais possas estar a passar há sempre coisas boas e deves sentir-te grata por elas. Cultiva essa sensação de gratidão todos os dias e vais ver como inúmeras e maravilhosas possibilidades surgirão. 

 

#2
NÃO TE COMPARES AOS OUTROS
 Todos somos diferentes, únicas e perfeitas nas nossas imperfeições. Abraça-as pois são elas que te tornam única e especial.

#3
MOVE O CORPO LOGO PELA MANHÃ

Cuidar de mim logo pela manhã vai ser o teu novo mantra. Encontra uma actividade física que te mova e que possas fazer logo pela manhã. Fazê-lo logo ao ínicio do dia vai dar-te um boost para que agarres o dia com uma nova energia e maior confiança.

NA COZINHA

#1 
PROGRAMA

Programa as tuas refeições para a semana e cozinha alguns alimentos como cereais integrais e leguminosas. Assim, será mais fácil e rápido preparares uma refeição deliciosa após um dia de trabalho

 

#2
TROCA 

Reduz o sal usando e abusando de ervas aromáticas. Além de darem um sabor delicioso aos pratos dá-lhes um toque de frescura.

 

#3
ANTECIPA

Prepara o teu pequeno almoço de véspera. Assim, sabes que terás algo delicioso para nutrir o teu corpo logo pela manhã.

Sandra Mesquita

GOSTASTE DESTE POST? ENTÃO ESPREITA ESTES TAMBÉM.

Please reload